José Bosingwa voltou à seleção portuguesa de futebol, depois de quatro anos de ausência devido a um diferendo com Paulo Bento. O lateral direito do Tranzonspor foi "repescado" por Fernando Santos, entrou logo a titular frente a Arménia e fez um grande jogo. O antigo jogador do FC Porto está feliz pelo regresso e sublinha que ainda pode ajudar a seleção portuguesa.

"Estou muito orgulhoso por ter voltado a representar a Seleção e logo a ganhar. Foi muito importante esta vitória. Sinto-me bem, confiante, motivado e bem fisicamente. Penso que posso ajudar a equipa", disse o jogador à RTP, na zona de entrevistas rápidas.

Bosingwa fez notar ainda que foi bem tratado neste seu regresso à turma das quinas.

"Fui bem recebido, tal como aconteceu sempre", completou.

Quem também ganhou "nova vida" com Fernando Santos foi Danny, outro jogador que foi colocado de parte por Paulo Bento. O médio do Zenit da Rússia disse que o jogo com a Arménia foi muito difícil mas acredita que, com a vitória, Portugal está mais perto do Europeu de 2016.

"Já com Paulo Bento o ambiente era bom, e agora é-o também. Quando se ganha o ambiente é sempre bom. Estamos no caminho certo e vamos continuar assim para estarmos no Europeu. Foi difícil, a Arménia jogou muito fechada, mas criámos muitas oportunidades. Fizemos um belíssimo jogo, este foi o resultado possível. Conseguimos três pontos e estamos de parabéns. Ainda faltam muitos jogos e temos de trabalhar. Estamos tranquilos, só dependemos de nós", frisou o médio na zona mista do Estádio do Algarve.

Portugal venceu a Arménia po 1-0 e está no segundo lugar do Grupo I de apuramento para o Euro2016. Os lusos têm menos um ponto que a Dinamarca, líder com sete pontos mas mais um jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.