O extremo Danny, que invocou motivos pessoais para não se apresentar na seleção portuguesa de futebol, foi hoje sujeito a «uma pequena cirurgia de caráter local», informa o centro de imprensa do Zenit de São Petersburgo.

Segundo informações do clube russo em que alinha o extremo português, Danny «encontra-se bem, mas precisa de cerca de cinco dias para a recuperação total».

«Depois disso, deve regressar à equipa», acrescenta o centro de imprensa do Zenit, sem especificar a que tipo de operação foi submetido Danny.

Esta terá sido a razão que impediu Danny de se apresentar na segunda-feira na concentração da seleção portuguesa, que defronta a Islândia, na sexta-feira, e a Dinamarca, na terça, nos dois últimos jogos do Grupo H de apuramento para o Euro2012.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.