Dzeko não escondeu a sua tristeza pelo sorteio que ditou Portugal no caminho da Bósnia. Para o goleador bósnio, o azar bateu à porta da equipa comandada por Miroslav Blazevic, mas o apuramento é possível. "Eles têm Cristiano Ronaldo, que pode decidir uma partida sozinho. Vai ser muito difícil para nós, mas tentaremos jogar o melhor possível e dar o máximo", afirmou Dzeko.

Em declarações à agência noticiosa espanhola EFE, o avançado do Wolfsburgo reconheceu a Selecção Nacional como a "equipa mais difícil que estava no sorteio", mas recordou os problemas que Portugal teve para chegar aos 'play-off'. "Só queria que não nos calhassem os portugueses, mas isso não aconteceu. Sabemos que eles não brilharam na fase de grupos e espero que continuem assim", sublinhou.

Já o compatriota Zvjezdan Misimovic, companheiro de Dzeko na selecção bósnia e no Wolfsburgo, admite que Portugal é "uma das melhores selecções do Mundo". "Não nos vamos render. A nossa vantagem é que jogamos primeiro em Portugal e temos que alcançar um bom resultado para depois em casa, perante no nosso público, garantir a qualificação", acrescentou o médio.

Os desafios entre Portugal e a Bósnia-Herzegovina realizam-se a 14 de Novembro, no Estádio da Luz, e quatro dias depois, provavelmente em Zenica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.