O presidente da Assembleia-Geral (AG) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Avelino Ribeiro, revelou hoje à Agência Lusa que as eleições para a Direcção do organismo devem realizar-se na primeira quinzena de Fevereiro.

A Direcção da FPF e a presidência da AG tinham chegado a um acordo para que as eleições se realizassem a 15 de Janeiro.

Contudo, “um atraso no Relatório e Contas” fez com que Avelino Ribeiro tenha decidido adiar a reunião magna eleitoral, por entender que “são os órgãos sociais em exercício que devem defender” o documento.

A AG para a aprovação do Relatório e Contas da temporada de 2009/10 está marcada para 18 de Dezembro, na sede da FPF, em Lisboa.

Assim, Avelino Ribeiro considera que, de acordo com os prazos estabelecidos pelos estatutos, a AG eleitoral poderá ser marcada para 5 ou 12 de Fevereiro de 2011.

De acordo com os estatutos da FPF, “as listas candidatas são apresentadas na Federação Portuguesa de Futebol até 25 dias antes da data de realização do acto eleitoral”.

De seguida, os serviços da FPF têm oito dias para verificar a elegibilidade dos candidatos, cuja recusa poderá ser alvo de um recurso para o Conselho de Justiça, num prazo de dois dias.

Este acto eleitoral ainda vai decorrer de acordo com os actuais estatutos, uma vez que a FPF ainda não os adequou ao novo Regime Jurídico das Federações Desportivas. Depois da adequação dos estatutos ao Regime Jurídico, terá de ser realizado um novo acto eleitoral.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.