O seleccionador português de futebol de sub-21, Rui Jorge, revelou hoje que vai fazer alterações na equipa no jogo particular de sexta-feira com a Áustria, comparativamente com a formação que venceu a Alemanha por 4-2, na terça-feira.

«A estratégia vai ser ligeiramente diferente. A preocupação especial é a recuperação e a gestão de alguns atletas», afirmou Rui Jorge, referindo-se ao curto tempo entre as duas partidas de preparação para a fase de qualificação para o Europeu de 2013.

O técnico prometeu algumas alterações no “onze” inicial, salvaguardando que ainda não tem a equipa definida e por isso é prematuro adiantar nomes, à excepção do guarda-redes Cristiano, que irá substituir Anthony Lopes, titular diante da formação germânica.

«Ainda não tenho a equipa definida, uma grande parte estará, mas ainda tenho uma ou outra dúvida, por isso não posso dar certezas quando a isso», referiu, acrescentando que na baliza «vai jogar o Cristiano» e quanto a isso «não há dúvidas».

Rui Jorge considerou que a Áustria, que Portugal defronta na sexta-feira, a partir das 17h15, no estádio Algarve, «é uma equipa muito mais ágil, muito mais pressionante», mas «não tem tanta organização como a equipa alemã».

«Basicamente as diferenças são estas entre as duas equipas e o jogo, obviamente, será abordado de forma ligeiramente diferente. É preciso muito cuidado na primeira fase de construção, porque são extremamente pressionantes. Mas penso que se conseguirmos sair bem deste primeiro momento podemos criar perigo para a equipa adversária», acrescentou.

Com três triunfos em quatro jogos no comando técnico dos sub-21, Rui Jorge admitiu que «os resultados não têm sido maus».

«Três vitórias e um empate em termos de resultados é bom, mas neste momento acima de tudo interessa-nos preparar a equipa para, quando começar mesmo a sério em Setembro, ela estar o mais bem preparada possível», sublinhou, referindo-se à qualificação para o Europeu, na qual Portugal integra o Grupo 3, com a Rússia, a Polónia, a Moldávia e a Albânia.

Por isso, o seleccionador quer voltar a «alcançar um bom resultado, que é uma vitória», mas espera «acima de tudo que os jogadores consigam dar a resposta que têm dado em termos de determinação e entrega e evolução do jogo».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.