Horas depois de ter divulgado a lista de convocados para aqueles que, em virtude da COVID-19, serão os dois primeiros jogos da Seleção Nacional em 2020, nas duas primeiras jornadas da nova edição da Liga das Nações, Fernando Santos concedeu uma entrevista à RTP na qual falou de diversos temas, entre eles a presença ou não de adeptos nos estádios.

"Não sou favorável aos estádios cheios de gente. Faço parte do grupo equilibrado e penso que é preciso haver critério. Acho que é possível ter cinco ou dez mil pessoas num estádio para 60 mil, porque o público faz falta para o espetáculo. O jogo é o mesmo, mas perde um bocadinho o sabor e as equipas ressentem-se no momento em que precisam de reagir e não está ninguém para puxar", salientou.

Recorde-se que o regresso de Portugal à ação vai ocorrer no Estádio do Dragão, a 5 de setembro, ainda sem público nas bancadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.