Fernando Santos recordou os momentos que antecederam o segundos finais do final do Europeu. O técnico não considera que Ronaldo se excedeu na sua intervenção no banco.

Mostram alguém que percebia estar ali um sonho para se realizar. Ele dizia-me: "O jogo acabou!" Quando me empurra, diz: "Já ganhámos, já ganhámos, já ganhámos!" E eu disse-lhe: "O jogo ainda não acabou. Larga-me, pá!" Eu não sabia o tempo que faltava, mas ele estava de tal maneira vidrado... Foi uma reação natural, que não põe em xeque o treinador. Aliás, até houve uma vez em que lhe pedi que me ajudasse a reposicionar o Ricardo [Quaresma], porque a minha voz já não chegava lá. No lugar dele, se calhar fazia o mesmo. Sou muito emotivo e até a comentar Portugal viro adepto. Aconteceu-me na TV, no Euro"2008...", afirmou o técnico em declarações ao jornal O Jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.