"Tenho esperanças de que ele esteja em condições para esses dois jogos decisivos. Ele tem-me manifestado grande vontade em participar nessas partidas", disse o dirigente.

Madaíl reagia assim às recentes notícias, segundo as quais Cristiano Ronaldo ainda não estava em condições de alinhar pelo seu clube, o Real Madrid, na partida do próximo sábado, da Liga espanhola, frente aos rivais do Atlético Madrid.

"Sobre esses aspectos não sei nada. O que sei é que o Cristiano quer muito fazer esses jogos e, quando for a concentração da selecção, na próxima semana, ele estará presente e será avaliado pela equipa médica, conforme está estipulado nas normas da FIFA", garantiu.

O presidente da federação, que falava aos jornalistas antes de um jantar com o presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, abordou o futuro imediato da selecção e este "play-off" com a Bósnia-Herzegovina.

"Vão ser dois jogos difíceis. Preferia jogar primeiro lá, onde vamos encontrar um ambiente especial, com o público em cima do relvado, frente a uma equipa que pratica um futebol agressivo e que tem aqui a grande oportunidade de, pela primeira vez, apurar-se para uma fase final de um Mundial", alertou.

O dirigente tornou a afirmar que esta qualificação "é muito importante" para ele próprio, explicando: "Já disse que estava cansado e, até, um pouco saturado, mas gostaria que, no fim deste ciclo, em que é importante sairmos pelo nosso pé, tivesse a alegria de nesta década a selecção nacional ter-se apurado para todas as fases finais dos campeonatos da Europa e do Mundo".

Sobre a reunião com o presidente do executivo madeirense, encontro que já estava marcado desde Agosto, Madail disse que será para analisar os contornos da organização da reunião da Comissão Executiva da UEFA, marcada para os dias 09 a 12 de Dezembro, no Funchal.

"É um grande evento da UEFA, em que, entre outros assuntos, vão ser escolhidos os estádios do próximo Campeonato da Europa de 2012", disse.

Em relação às expectativas sobre a selecção nacional, Alberto João Jardim disse esperar "que Portugal se qualifique, isto pelo Cristiano Ronaldo".

"É óbvio que também porque sou português, mas o futebol em Portugal padece de falta de verdade desportiva", disse.

Manifestou ainda o desejo de que o Nacional da Madeira vença, quinta-feira, o Atlético de Bilbau, para a Liga Europa, partida que também Madail vai assistir, no Estádio da Madeira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.