"Portugal mereceu ganhar. Tivemos duas oportunidades para marcar, não conseguimos", disse Koeman, acrescentando: "Não posso culpar a minha equipa. Fizeram tudo para conseguir um ou três pontos, mas não foi suficiente."

O técnico holandês admitiu que "há uma grande diferença entre as duas selecções", mas admitiu que a sua equipa "não teve sorte no jogo", tal como não teve "em toda a fase de qualificação".

Erwin Koeman destacou ainda o trabalho de Cristiano Ronaldo, substituído por Nani, aos 27 minutos, por se ter ressentido de uma lesão no tornozelo direito. "Ronaldo joga por dois. É um jogador muito importante para Portugal. Depois dele sair tivemos mais oportunidades e mais posse de bola nos últimos minutos da primeira parte", frisou.

A derrota no Estádio da Luz deixou a Hungria na quarta posição do grupo 1 Europeu de qualificação para o Mundial2010, com 13 pontos.

Na última jornada do grupo, os húngaros defrontam a Dinamarca, que hoje garantiu a sua presença na África do Sul, ao vencer em casa a Suécia, por 1-0. Já Portugal segue no segundo lugar com 16 pontos, menos cinco que a líder Dinamarca.

A selecção portuguesa, que depende apenas de si própria para garantir presença no “play-off”, fecha a qualificação quarta-feira, frente a Malta, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.