A médio Mariana Fong garantiu hoje que se a seleção de sub-17 jogar «à Portugal» tem «todas as hipóteses de vencer» os adversários no primeiro torneio de apuramento da fase de qualificação para o Europeu de futebol 2014.

«Para nós todos os adversários são difíceis e merecem respeito, como é o caso da Suécia. Mas sabemos que se jogarmos 'à Portugal' temos todas as hipóteses de vencer. Confesso que já me imaginei a festejar vitórias com as minhas colegas e quero passar do sonho à realidade», disse a jovem, que completa hoje 15 anos, em declarações ao sítio da Federação Portuguesa de Futebol.

Mariana Fong, que é uma das capitãs da equipa, adiantou que as jogadoras estão «com alguma ansiedade», mas sem medo, acrescentando que se cumprirem com aquilo que a equipa técnica tem pedido estão «no bom caminho para demonstrar todas as capacidades em campo».

Na véspera da estreia em jogos oficiais, Mariana Fong considera estar a viver uma experiencia duplamente marcante, por fazer anos e estar em estágio com a seleção nacional:

«Não estava nada à espera de viver uma coisa assim, ainda por cima em Israel.»

A jovem encara com naturalidade a função de capitã, mas reconhece que é uma posição que lhe «acrescenta responsabilidade, mas responsabilidade boa» e que dentro das suas funções «tem de saber unir toda a gente».

Portugal estreia-se sexta-feira frente à Suécia, defrontando domingo a Sérvia e Israel a 7 de agosto, em jogos marcados para Telavive.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.