Os guarda-redes da seleção portuguesa de futebol sub-21, convocados para a jornada dupla da fase de qualificação para o Europeu Israel2013, treinaram hoje pela primeira vez em Rio Maior e disseram não haver “guerra” pela baliza.

«Não há uma guerra (pela baliza)», afirmou Luís Ribeiro, em estreia nos trabalhos dos sub-21, referindo-se ao seu colega e igualmente vice-campeão do Mundo no Colômbia2011, Mika.

O guardião do Sertanense referiu que o triunfo frente à Polónia «será uma vitória importante, para depois pensar no jogo diante da Rússia, porque é sempre importante ganhar».

«Somos amigos desde o Mundial e a concorrência tem sido saudável. Trata-se de uma concorrência boa. Tanto eu como o Luís (Ribeiro) estamos aqui para jogar e dar o nosso melhor para poder ajudar a equipa. Queremos a vitória e queremos ajudar a equipa a conseguir esse objetivo. Não estou em vantagem», afirmou Mika, por seu turno.

Os 23 convocados pelo técnico Rui Jorge treinaram hoje duas vezes, em Rio Maior, local onde vão receber a Polónia na quinta-feira, enquanto a visita à Rússia está marcada para 11 de outubro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.