O selecionador da Hungria revelou este sábado que o capitão Balázs Dzsudzsák está em dúvida para o jogo com Portugal, de qualificação para o Mundial2018 de futebol, e descartou qualquer tática mais defensiva no duelo com os campeões europeus.

"Não vamos jogar de uma forma mais defensiva. Queremos atacar e atuar de uma forma ofensiva. Vamos jogar contra a melhor seleção da Europa e que tem os melhores jogadores da Europa. Vai ser um grande desafio para nós. Temos, sobretudo, que ter muita cabeça e muita concentração", disse o alemão Bernd Storck.

O selecionador húngaro falava aos jornalistas em conferência de imprensa, no centro de treinos de Telki, nos arredores de Budapeste, e que serviu de antevisão do jogo da oitava jornada do grupo B de apuramento para o próximo Campeonato do Mundo.

"Claro que também queremos fazer defensivamente um bom jogo. Isso não quer dizer que vamos ser conservadores. Queremos provar que podemos enfrentar as melhores equipas da Europa. Essa é a nossa responsabilidade e a obrigação que temos para com os nossos adeptos", referiu.

Storck revelou que Balázs Dzsudzsák, capitão e grande figura da Hungria, está em dúvida para o duelo com Portugal devido a um problema num tornozelo, que sofreu na última quinta-feira no triunfo sobre a Letónia, por 3-1.

"Não tem treinado. Decidimos poupá-lo nos treinos para ver se podermos contar com ele no jogo de amanhã (domingo)", disse.

O encontro, na Arena Groupama, está agendado para as 20:45 (19:45 em Lisboa) e será arbitrado pelo holandês Danny Makkelie.

Portugal ocupa o segundo lugar do grupo com 18 pontos, menos três que a Suíça, que lidera e defronta à mesma hora a Letónia, em Riga. A Hungria segue na terceira posição com 10 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.