“A Selecção Nacional não pode perder a esperança de forma tao rápida. Estes dois jogos que vêm aí são muito importantes na nossa qualificação. Nunca se viveu um momento tão instável e por isso o presidente da Federação Portuguesa de Futebol procurou a melhor solução, logo o melhor treinador. E o melhor que temos, a nível de treinador, é o José Mourinho. Se for útil para nós, estou de acordo. Temos de estar ao lado da selecção”, disse Domingos, à margem da conferência de imprensa que serviu de antevisão do encontro com o Paços de Ferreira.

Confrontado com a questão: “E se o convite fosse feito ao Domingos?”, o técnico dos minhotos respondeu: “Nenhum treinador diria que não”.

No entanto, Domingos não estaria de acordo ser orientado por alguém à distância: “Não vamos andar aqui com o treinador do treinador”, frisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.