O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Gilberto Madail, afirmou hoje que todos os portugueses têm que estar satisfeitos, depois da subida da selecção lusa à liderança do Grupo H de qualificação para o Euro2012.

«Temos de estar todos satisfeitos, especialmente considerando a forma desastrosa como começámos a qualificação, com um empate e uma derrota», disse Madail, após o triunfo por 1-0 sobre a Noruega, na Luz.

O líder da FPF reconheceu que «queria mais um golo», que pode ser «importante nas contas finais», mas reafirmou estar «satisfeito», até porque «Portugal jogou muito bem».

«Penso que Portugal se vai qualificar e no primeiro lugar do grupo», frisou Gilberto Madail.

Em relação à FPF, e depois de aprovados os estatutos, Madail disse que «está tudo em aberto» em relação à sua possível continuidade no cargo.

«Encaro a hipótese de vir a recandidatar-me, mas tenho que avaliar o que as pessoas pensam, o que os clubes pensam, o que as associações pensam», disse o líder da federação.

Madail disse que «não há nenhum tabu», mas não estipulou nenhuma data para assumir uma posição: «Vamos ver. Não tenho nenhuma decisão definitiva tomada».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.