Titular no amigável de quarta-feira com a Espanha, alinhando toda a primeira parte antes de ser substituído por Rúben Dias ao intervalo, Pepe chegou, com 36 anos, aos 111 jogos com a camisola de Portugal. Com esse registo, ultrapassou as 110 internacionalizações de Fernando Couto e tornou-se no defesa com mais encontros disputados pela 'Equipa das Quinas'.

Atrás dos dois, a fechar o pódio, está outro jogador que também deu cartas no FC Porto: Bruno Alves, que aos 38 anos ainda joga, agora no Boavista, e conta com 96 internacionalizações. Em terceiro no número de internacionalizações, Bruno Alves sobe contudo ao lugar mais alto se olharmos para os defesas que mais golos marcaram pela Seleção. Totaliza 11, contra 8 de Fernando Couto e 7 de Pepe, que também aqui preenchem o pódio.

Coincidência ou talvez não, todos os jogadores do Top-5 dos defesas mais internacionais de sempre por Portugal afirmaram-se no FC Porto: o quarto posto é de Ricardo Carvalho e o quinto do antigo capitão João Pinto. Seguem-se, depois, Humberto Coelho, Paulo Ferreira, Miguel, Fernando Meira e Fábio Coentrão, que com 52 jogos fecha o Top-10.

Curioso - e fruto do facto de serem agora bem mais os jogos disputados pelas seleções principais, em comparação com o que sucedia até meados da década de 1990 - é verificar que entre os 15 defesas mais internacionais de sempre por Portugal estão 11 jogadores que ainda não chegaram aos 50 anos de idade e que apenas dois deles (Humberto Coelho e João Pinto) não vestiram a camisola de Portugal já neste século.

CONFIRA O TOP-15 DOS DEFESAS MAIS INTERNACIONAIS DE SEMPRE POR PORTUGAL

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto