Rui Costa recebeu com muita prudência a notícia do sorteio do play-off de acesso ao Mundial, que ditou a Bósnia no caminho de Portugal. "É preciso ter muita atenção. É uma óptima selecção e vi muita gente falar da Bósnia como se fosse um adversário fácil para Portugal, acredito que sejamos mais fortes, mas não pensem que será um jogo fácil para nós", disse o director desportivo do Benfica, que não alinha na ideia de que o Mundial seja agora uma mera questão de tempo.

O antigo internacional português defendeu que os nomes sonantes dos avançados Dzeko e Misimovic não são sinónimo de simples poderio ofensivo e total fragilidade defensiva. "Não é só o ataque. Tem uma boa equipa e o perigo pode estar aí mesmo, porque toda a gente pensa que a Bósnia é um adversário fácil. Acredito que somos mais fortes, mas vão ser dois jogos bem intensos e vai ser preciso ter muitas cautelas", sublinhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.