Noite especial para Rui Patrício. O guarda-redes da Roma cumpre, esta terça-feira, a 100.ª internacionalização pela Seleção Nacional, na receção ao Luxemburgo, tornando-se o primeiro guardião luso a atingir tal marca.

Pouco mais de um mês depois de atingido os 99 jogos por Portugal, no triunfo sobre o Azerbaijão (3-0), Patrício entra no restrito lote de futebolistas que alcançaram os três dígitos, do qual fazem parte Cristiano Ronaldo (recordista com 182 presenças), João Moutinho (138), Luís Figo (127), Pepe (122), Nani (112) e Fernando Couto (110).

Além de já ser o sétimo mais internacional de sempre, Rui Patrício ficará igualmente na história por ser o primeiro guarda-redes a atingir as 100 partidas por Portugal, reforçando ainda mais o estatuto de guardião com mais encontros pela seleção, com larga margem sobre os já retirados Vítor Baía (80) e Ricardo (79), que completam o pódio.

Veja a galeria dos jogadores que vestiram mais vezes a camisola de Portugal

Rui Patrício chega à marca centenária quase 11 anos após a estreia pela seleção A, em novembro de 2010, num particular em que Portugal goleou a Espanha por 4-0, sendo que antes já tinha sido chamado ao Euro2008, embora sem participar em qualquer partida.

Desde então, o guardião da Roma foi sempre chamado a integrar a seleção nas principais competições internacionais, contando no currículo com mais três Europeus (2012, 2016 e 2020) e dois Mundiais (2014 e 2018).

Os números de Patrício incluem dois títulos - o mítico Europeu de 2016 e a Liga das Nações -, 59 vitórias, 23 empates e 18 derrotas, tendo sido titular em 98 dos 100 encontros em que participou por Portugal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.