Após o treino, o técnico Agostinho Oliveira e um jogador antecipam o confronto com a Noruega, já com sabor a decisivo, depois do comprometedor empate de sexta-feira com o Chipre (4-4), em Guimarães.

A equipa portuguesa aterrou domingo em Oslo, com uma comitiva liderada pelo vice-presidente Amândio de Carvalho.

O presidente Gilberto Madaíl, que já tinha falhado o jogo com os cipriotas, volta a estar ausente, por motivos de doença.

Quem também está ausente da comitiva é o seleccionador Carlos Queiroz, suspenso por um e seis meses pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e pela Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), respectivamente.

Queiroz, contudo, deve viajar na terça-feira para Oslo, de forma a assistir ao encontro.

Em Guimarães, o seleccionador assistiu ao empate com o Chipre, de um camarote, e ao lado de António Simões, seu antigo adjunto, mas recentemente dispensado da FPF.

No banco, no encontro de terça-feira, estará de novo o adjunto Agostinho Oliveira.

A comitiva não integra ainda o lateral Fábio Coentrão, dispensado por lesão.

O encontro entre Portugal e Noruega joga-se a partir das 20h30 (19h30, em Lisboa) e tem arbitragem do francês Laurent Duhamel.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.