À margem de uma visita ao Agrupamento Vertical de Escolas de Baguim, em Gondomar, e sobre uma possível candidatura à presidência da Federação Portuguesa de Futebol, o ex-Director das Relações Externas do FC Porto não se alargou em comentários: “Só digo que estou disponível para ajudar o futebol português e o futebol português precisa de uma nova visão. Sinto-me com capacidade e competência para ajudar o futebol”.

Baía rejeitou qualquer tipo de comparação com Fernando Gomes, que deixou a SAD do FC Porto para assumir a presidência da Liga Portuguesa de Futebol: “Não vejam fantasmas, nem comecem com conspirações”.

O ex-guarda-redes internacional desejou ainda “sorte” a Paulo Bento no novo cargo como seleccionador nacional mas deixou um aviso: “Partimos em desvantagem e se no final as coisas não correrem como todos desejamos espero que não responsabilizem o Paulo. Já demos dois jogos de avanço”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.