Stefanie da Eira, futebolista nascida na Suíça e que se estreou numa convocatória da seleção feminina portuguesa, revelou hoje o seu «orgulho» em ter optado pela “equipa das quinas”.

«Fiquei muito surpreendida, mas também orgulhosa. Não estava a contar que estivesse a ser seguida pela equipa técnica da nossa seleção. Os meus pais são portugueses, naturais do distrito de Vila Real, e partilharam comigo esta felicidade», disse a jogadora ao sítio da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Stefanie, de 19 anos, foi uma das novidades na convocatória da selecionadora Mónica Jorge para os próximos jogos de apuramento para o Euro2013, no sábado com a República Checa, em Plisek, e na quarta-feira com a Dinamarca, em Barcelos.

A futebolista já jogou pela Suíça, nos escalões de sub-17 e sub-19, mas não hesitou em escolher jogar ao mais alto nível por Portugal e esta semana realizou os primeiros dias de estágio com a seleção AA.

A polivalência é um dos atributos da jogadora, que diz estar preparada para qualquer posição, desde que não seja na baliza.

«Independentemente da posição, eu gosto é de jogar. Nas últimas partidas tenho-me fixado mais na frente, como atacante, fiz seis golos nos últimos quatro jogos, por isso tem corrido bem», disse.

Na qualificação para o Europeu, competição para a qual Portugal nunca se apurou, segue a seleção vencedora do grupo e ficará ainda em aberto uma vaga para a segunda, num lote de segundos melhores ou com a necessidade de disputar um “playoff”.

A seleção portuguesa, que no primeiro jogo do apuramento goleou fora a Arménia por 8-0, integra o grupo 7, onde se encontram ainda as seleções checa, dinamarquesa e austríaca.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.