Sporting, Benfica e FC Porto foram os clubes com mais futebolistas convocados nas seleções de sub-20 e sub-21 entre julho de 2005 e dezembro de 2015, cedendo neste período 24% dos jogadores chamados.

De acordo com um estudo elaborado pelo adjunto da seleção de sub-21 Alexandre Silva, cuja segunda parte foi divulgada quarta-feira pela Federação Portuguesa de Futebol, os três 'grandes' mantêm o domínio na transição para os seniores, mas perdem a influência manifestada nos escalões de formação (sub-15 a sub-19), aos quais forneceram 63% dos jogadores naqueles 10 anos e meio.

Com 9,2%, o Sporting foi o clube que mais jogadores deu aos sub-20 e sub-21, seguido pelo Benfica (7,8%) e pelo FC Porto (7,1%). Numa lista de 175 clubes, Belenenses (4,5%), Sporting de Braga (3,7%), Vitória de Guimarães (3,1%), Vitória de Setúbal (2,7%), Marítimo (2,4%), Olhanense (2,3%) e Paços de Ferreira (2%) fecham o 'top'-10', mas 40,5% dos jogadores para estas seleções foram cedidos por outros clubes portugueses.

Nestes escalões nota-se uma maior dispersão dos jogadores chamados, uma vez que, na passagem para os seniores, muitos dos futebolistas formados nas escolas de Sporting, Benfica e FC Porto são emprestados ou transferem-se para outros clubes, nomeadamente estrangeiros, cujo peso sobe ligeiramente, para 14,6%.

Ao longo deste período, foram 93 os clubes estrageiros aos quais as seleções recorreram, contra os 82 emblemas portugueses que tiveram representantes nas 144 convocatórias analisadas (71 dos sub-21 e 73 dos sub-20). No escalão etário mais alto houve jogadores de 126 clubes, no mais baixo foram 123 os fornecedores.

Entre os 18 países estrangeiros que 'alimentaram' estas duas equipas, Espanha aparece no topo, com 19 clubes, à frente de Itália e Reino Unido, ambos com 15, e de França, com 14. De fora da Europa, Angola e Estados Unidos, com um clube cada, foram os únicos representados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.