Titular pela primeira vez pela Seleção, Francisco Trincão vestiu pela segunda vez a camisola da 'Equipa das Quinas' e, no final da partida, em declarações no 'flash interview' com a RTP, falou de um encontro difícil, mas importante.

"Foi um jogo difícil, contra uma equipa muito boa e bem organizada. Foi uma excelente sensação poder jogar a titular num jogo destes, de preparação para dois jogos difíceis que vamos ter e que queremos ganhar", começou por afirmar o agora jogador do Barcelona.

Trincão falou também da possibilidade de voltar a alinhar de início nesses dois encontros que se seguem, frente a França e Suécia, para a Liga das Nações. "Vou fazer o meu trabalho, as decisões são do mister. Estamos focados no próximo jogo e em ganhar", disse.

O jovem extremo é, agora, um dos poucos privilegiados que tem a possibilidade de jogar com Messi, no clube, e com Ronaldo, na Seleção. Algo que também abordou, não se querendo contudo comprometer na escolha de um deles como o melhor. "É impossível escolher. Tenho um orgulho enorme de poder jogar com os dois, são dois grandes jogadores, duas excelentes pessoas e estou feliz por isso", terminou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto