"A união dentro da equipa é hoje muito mais forte. Confiamos uns nos outros. Estivemos dependentes dos resultados de outras equipas durante a fase de qualificação, mas agora sabemos o que temos de fazer no Campeonato do Mundo", disse Carlos Queiroz.

Em entrevista ao site da UEFA, o seleccionador defendeu a qualidade dos seus jogadores, apesar das críticas que se fizeram sentir durante a caminhada para o Mundial. "Por vezes, quando se ganha, as pessoas pensam que tudo está bem e não está. Por vezes, quando se perde um jogo, é apenas um passo atrás e uma razão para fazer melhor da próxima vez", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.