“O que peço é a resolução do processo, seja para um lado seja para o outro, porque o ambiente não está bom. Com a instabilidade ninguém consegue render e estar num patamar elevado. Aquilo que peço é celeridade no caso”, disse André Villas-Boas, no auditório do Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, em Vila Nova de Gaia.

No entanto, Villas-Boas não se quis pronunciar quando lhe perguntaram se Carlos Queiroz devia sair ou ficar no comando da Selecção Nacional.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.