Com sete jogos disputados, mais um do que os adversários directos, os “rossoneri” estão no topo da classificação, com 14 pontos, mais um do que Lázio e mais três em relação a Inter de Milão e Nápoles.

Os golos de Pato, aos 18 e 30 minutos, a corresponder a assistências de Zlatan Ibrahimovic, colocaram a formação milanesa na dianteira e nem a “traição” do sueco, aos 70 minutos, num corte defeituoso após um canto, impediu o triunfo, selado por Robinho, no último minuto, desta feita a passe de Ronaldinho Gaúcho.

No outro jogo do dia, a AS Roma conquistou a segunda vitória na competição, ao vencer em casa o Génova, com Eduardo a titular, por 2-1, somando, agora, os mesmos oito pontos do que o adversário de hoje.

No estádio Olímpico de Roma, o guarda-redes internacional português foi batido por Marco Borriello, aos 34 minutos, mas os genoveses ainda chegaram ao empate, com um tento do avançado húngaro Gergely Rudolph, aos 78.

Nem um minuto tinha passado e Matteo Brighi desfez a igualdade, a favor dos romanos.

Domingo, o pentacampeão Inter de Milão desloca-se ao terreno do Cagliari, enquanto o Catania recebe o Nápoles. A fechar a ronda, Lázio joga em Bari.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.