Sem clube desde julho, depois de ter saído do Brescia, Mario Balotelli anda à procura de um novo projeto e o Barnsley da Championship poderá ser o próximo desafio do polémico avançado italiano.

O dianteiro que passou três temporadas no City, cruzando-se com Micah Richards. O ex-defesa dos citizens espera que não se repitam algumas história que viveu com o ponta de lança.

"A primeira coisa em que pensei quando li que Mario Balotelli podia transferir-se para Barnsley foi que era perto de local onde eu moro. Não quero que vá à minha casa e acenda fogos de artifício na cozinha como fazia quando éramos companheiros de equipa no City", recorda em tom de brincadeira, embora expresse que "adoraria vê-lo de volta a Inglaterra, ainda somos bons amigos."

Richards recordou ainda um outro lado menos conhecido de Balotelli.  "Ele é visto como o palhaço do grupo, mas tem um outro lado. Destaca-se pelas loucuras, mas não é um idiota. Balotelli é inteligente e o que muitas vezes ele se esquece  é que também é um jogador de futebol brilhante. É uma pena que a sua carreira não tenha chegado onde deveria nos últimos anos. Nesta altura ele devia estar no topo. No tempos de City destacou-se, mesmo com jogadores como Dzeko, Tévez e Aguero. Na definição o Mario era do melhor que já vi", atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.