Paolo Di Canio não poupa nas críticas a Mario Balotelli, mesmo depois de o avançado do Manchester City se ter sagrado o melhor marcador da equipa transalpina.

«Balotelli é um egoísta e merece um par de chapadas. Frente à Alemanha ele fez duas coisas boas, mas no final do jogo apenas vi um jogador que pensava em festas», afirmou Di Canio, acrescentando:

«Balotelli não joga para a equipa, apenas para ele. É um egoísta, que pensa que o mundo roda em torno dele. Indivíduos como Balotelli merecem receber um par de chapadas e não palmadinhas nas costas. Antonio Cassano é que liderou a equipa até à final», terminou o atual treinador do Swindon.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.