Apesar do novo regulamento ainda não estar em vigor, a FIGC vai começar a punir os jogadores que evoquem o nome de Deus em vão, algo que o internacional italiano da “Juve” terá feito no jogo do domingo da “Serie A”.

"A ideia de castigar por blasfémias pode ser justa, mas será difícil de aplicar. Vamos ver quem consegue provar que um jogador disse Deus, Zeus ou Deneus", afirmou Buffon.

A nova lei indica que o futebolista que blasfemar em campo, e que tal seja descortinado pelo árbitro ou em imagens televisivas, será admoestado com um cartão vermelho directo e sujeita-se a um castigo prolongado.

De acordo com a imprensa italiana, as imagens do jogo entre Juventus e Génova, que a equipa da casa venceu por 3-2, sugerem que Buffon terá mesmo blasfemado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.