O Comité Olímpico Italiano anunciou hoje que abriu um inquérito contra "um afiliado da Federação Italiana de Futebol" (FIGC), sem especificar que se tratava de Cannavaro, e que promoverá uma audiência com o jogador, de 36 anos, e o médico responsável pela administração do medicamento.

Fabio Cannavaro recebeu uma injecção de cortisona a 29 de Agosto para prevenir uma reacção alérgica, noticiou a agência italiana ANSA, citando a FIGC, pouco antes dos jogos da selecção transalpina com a Geórgia e a Bulgária.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.