O isolamento de Cristiano Ronaldo deve terminar na próxima terça-feira, o que pode significar um regresso ao ativo, segundo avançam os italianos do 'Tuttosport'.

Apesar de ainda não ter feito um teste negativo, o internacional português está isolado e sem sintomas há 18 dias, o que pode adiantar o fim da quarentena.

O 'Tuttosport' explica que o protocolo italiano prevê que quem esteve em isolamento por 21 dias, tenha uma carga viral baixa e não apresente sintomas, pode parar a quarentena visto que o contágio passa a ser impossível.

Assim sendo, e apesar de ainda não estar autorizado a regressar aos jogos, Cristiano Ronaldo pode regressar aos treinos, embora não possa trabalhar diretamente com os colegas, pelo menos até apresentar um teste negativo à COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.