O ex-treinador da Fiorentina Delio Rossi pediu desculpa, em conferência de imprensa, por ter agredido o futebolista sérvio Adem Ljajic, mas disse que exige respeito.

Rossi admitiu que o seu «gesto foi lamentável, mas compreensível, humanamente» falando.

O técnico foi despedido na quarta-feira, após o jogo em que a Fiorentina empatou 2-2 com o Novara, quando agrediu o agora seu ex-jogador Ljajic, depois de este o ter aplaudido ironicamente, quando acabava de ser substituído.

«Cometi um erro e estou a pagar por isso», disse o treinador, enquanto pedia desculpa aos jogadores e a Ljajic, acrescentando que foi provocado por uma falta de «respeito» pelo seu papel, equipa e família.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.