A Federação Italiana de Futebol anunciou esta quinta-feira a sua disponibilidade para testar a implantação da revisão de lances a pedido das equipas (em inglês challenge) nos jogos das ligas italianas.

Em comunicado, divulgado no site oficial, a Federação revela que os clubes da Serie A têm vindo a pedir a implementação do sistema.

"Animada pelo desejo de inovar e com o mesmo espírito ao serviço da época, a FIGC (Federação Italiana) têm interpretado os pedidos feitos nas últimas semanas por vários clubes da Serie A e antecipou , de forma informal, a sua disponibilidade para testar o uso do Challenge (o pedido de revisão em campo pelas equipas), no tempo e modo definido pelo IFAB [International Board]", escreveu.
O presidente da FIGC, Gabriele Gravina, afirmou ainda considerar que é necessário que os árbitros intensifiquem o uso do vídeoárbitro e da recurso à visualização das imagens pelo árbitro da partida de forma a evitar polémicas numa fase crucial da Serie A.

A proposta da FIGC, que implementou a utilização do VAR na Liga italiana em 2017, procura replicar o que já sucede no basquetebol ou no ténis há vários anos e que permite que uma das partes envolvidas num jogo solicite à equipa de arbitragem a revisão de determinado lance que considere duvidoso.

Atualmente, apenas o árbitro principal e o VAR podem decidir se há lugar à revisão de um lance no monitor à disposição das equipas de arbitragem, independentemente das queixas de jogadores ou treinadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.