Gennaro Gattuso, mítico jogador do AC Milan, sofre de um grave problema ocular no olhos esquerdo, uma paralisia do sexto nervo craniano que o impede de ter controlo sobre o olho e que lhe duplica a visão.

«Se espero terminar carreira? É preciso bem mais para me abater, mas cheguei a pensar nisso. Nos últimos 45 dias consegui ler e ver todas as cores, por isso estou aqui hoje. É verdade que estou a lutar como o homem invisível, com visão dupla, mas o importante é não desistir», disse esta segunda-feira durante uma conferência de imprensa em Milão, explicando que «há 45 dias via a triplicar, agora apenas a dobrar».

O jogador deparou-se com o problema quatro dias antes do embate com a Lazio.

«Não me preocupei muito e até joguei, mas durante o embate comecei a ficar irritado, porque nos primeiros 20 minutos foi um verdadeiro inferno. Vi quatro Ibrahimovic’s e senti-me como se estivesse bêbado. Até que choquei com o Nesta e entendi que não aguentava mais. Algo estava muito errado», explicou.

Mais do que o futebol, ao jogador de 33 anos entristece «não poder conduzir e levar os filhos à escola». «Tento levantar um copo e vejo dois… O que me dá força é o facto de continuar a trabalhar fisicamente, mas sem bola. Isso dá-me força para não desistir».

Gattuso tem um problema semelhante ao do holandês Edgar Davids, conhecido por usar uns óculos em campo, situação para o qual foi devidamente autorizado.

O jogador vai agora ser acompanhado por especialistas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.