O AC Milan perdeu hoje em casa com a Fiorentina (3-1), na terceira derrota consecutiva para a liga italiana de futebol da equipa do atacante português Rafael Leão, que assinalou um bom golo perto do final do encontro.

O defesa chileno Erick Pulgar estreou o marcador para os 'viola', de penálti, aos 14 minutos, fixando o resultado ao intervalo, depois do qual uma entrada violenta do argentino Mateo Musacchio sobre um adversário lhe valeu o vermelho direto, aos 55 minutos, e o AC Milan se viu reduzido a 10 jogadores.

A Fiorentina aproveitou e o médio Gaetano Castrovilli ampliou a diferença, aos 66, antes de o francês Franck Ribéry fazer o 3-0, aos 78, servido por Federico Chiesa, que tinha desperdiçado uma grande penalidade, permitindo a defesa ao guardião do AC Milan, Donnarumma (70).

O melhor golo estava guardado para o final, quando Rafael Leão, ex-Lille, formado no Sporting, arrancou aos 80 minutos pela zona central e, após tirar vários adversários do caminho, finalizou com mestria o tento de honra dos homens treinados por Marco Giampaolo, que foi muito contestado pelos adeptos.

O Milan está no 16.º lugar, com seis pontos, muito distante do rival Inter, que lidera com 18, mais dois do que a campeã Juventus (2.º).

Nos outros jogos do dia, a Roma, comandada por Paulo Fonseca, venceu em Lecce, por 1-0, e manteve-se no quinto posto, com 11 pontos, menos um do que o Nápoles, que ganhou em casa ao Brescia, por 2-1. A Atalanta continua em terceiro, com 13.

O Cagliari (7.º) e o Verona (14.º) - com Miguel Veloso a titular - empataram 1-1, a Lazio (6.º) goleou o Génova (18.º), por 4-0, em casa, e a Udinese (11.º) recebeu e venceu o Bolonha (10.º), por 1-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.