O Nápoles, vice-campeão italiano de futebol, iniciou hoje o campeonato com uma vitória por 3-0 sobre o Bolonha, no que foi o triunfo mais desnivelado da ronda inaugural da Serie A.

No estádio de San Paolo, em Nápoles, o espanhol Callejon, transferido esta época do Real Madrid, abriu o ativo, aos 32 minutos. Os outros dois golos foram apontados pelo médio eslovaco Marek Hamsik, aos 45 e 63 minutos.

Os napolitanos começam melhor do que a Juventus, atual bicampeã, que sábado registou um suado triunfo no terreno da Sampdória, por 1-0, com um golo do argentino Carlos Tevez, reforço para esta temporada.

No Estádio Luigi Ferraris, em Génova, um remate certeiro do avançado argentino (ex-Manchester City), aos 58 minutos, foi suficiente para garantir os três pontos no arranque.

Bom início também para outro candidato clássico, o Inter de Milão, que superou o Génova, por 2-0, resultado feito no último quarto de hora.

O japonês Nagatomo abriu o marcador, aos 75 minutos, e o argentino Palacio fechou, aos 90.

A outra equipa de Milão, o AC Milan, terceira classificado na última época, começou sábado com uma surpreendente derrota no campo do recém-promovido Hellas Verona, por 2-1, com o veterano Luca Toni a ser o principal “inimigo” dos “rossoneri”.

O avançado de 36 anos marcou aos 30 e 53 minutos e garantiu uma estreia em cheio da sua equipa, perante um AC Milan que ainda chegou a vantagem no marcador, graças a um golo do também reforço Poli, aos 15.

Lazio (2-1 ao Udinese), AS Roma (2-0 ao Livorno), Cagliari (2-1 ao Atalanta) e Torino (2-0 ao Sassuolo) também começam a Série A com vitórias, sendo que o único empate na primeira jornada se registou no Parma-Chievo (0-0).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.