Em entrevista o Corriere della Sera, Zlatan Ibrahimovic revelou os desejos para o próximo ano e revelou que se sente como um pai para os jogadores do AC Milan.

"Temos de começar 2021 da melhor forma. Depois, um jogo de cada vez, como se fosse o último das nossas vidas. Esta equipa tem de ter a coragem para sonhar com o Scudetto e o que eu fiz até agora pouco importa. Dia a dia tenho de provar quem sou. O talento de pouco serve se não investirmos e trabalharmos nele. Trabalho, trabalho, trabalho, sacrifício… O que é que são 90 minutos de um jogo se não treinaste bem durante toda a semana? Nada", começou por dizer.

"Tenho muitas saudades da família, gostava de estar com a minha mulher e os meus filhos, que vivem na Suécia. E eu tentei. Mas o treinador disse-me que não podia sair e também tenho família em Milão. Tenho dois filhos na Suécia e outros 25 aqui e estes também precisam de mim", rematou Ibrahimovic, que tem Diogo Dalot e Rafael Leão como colegas de equipa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.