O conjunto orientado por José Mourinho conta agora com 10 pontos de vantagem sobre o perseguidor directo, dando mais um passo para conquistar o quinto título consecutivo, que seria o segundo para o treinador português.

Um golo madrugador do macedónio Goran Pandev, logo aos seis minutos, lançou os tetracampeões italianos para uma vitória sem contestação e que foi ampliada pelos argentinos Walter Samuel (20) e Diego Milito (47).

Nas contas do campeonato, o AC Milan pode mesmo perder o segundo lugar para a AS Roma (a um ponto dos milaneses) caso a equipa da capital italiana vença, mais tarde, na visita à Fiorentina.

A Juventus, que já não vence para o campeonato desde 06 de Janeiro, continua a marcar passo e hoje deixou mais dois pontos no terreno do Livorno, equipa que luta para se manter no primeiro escalão e esteve a poucos minutos de bater o clube de Turim.

Filippini, aos 27 minutos, ainda fez sonhar o Livorno com uma preciosa vitória, mas os forasteiros conseguiram o mal menor a três minutos do fim, quando Legrottaglie empatou o jogo e fechou o resultado.

O Nápoles pode ter perdido contacto com os da frente (continua em quarto, a três pontos da AS Roma) com a derrota por 3-1 na visita à Udinese, que se valeu de um "hat-trick" de Di Natale, que apontou dois dos três golos já em período de descontos, desempatando em definitivo a igualdade a uma bola que se registava no minuto 90.

Com estes três golos, Di Natale passou a partilhar com Diego Milito a liderança dos marcadores, ambos com 13 golos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.