Depois de no último fim de semana, no Estádio Olímpico, alguns adeptos da Lazio terem colocado no Estádio Olímpico, na curva correspondente aos adeptos da Roma, imagens de Anne Frank com uma camisola dos 'giallorossi', os jogadores 'laziale' entraram esta quarta-feira em campo com t-shirts com a cara da jovem alemã, no Estádio Renato Dall"Ara.

O clube romano depositou ainda uma coroa de flores junto de uma placa em memória de Arpad Weisz, treinador bicampeão com o Bolonha e que viria a falecer no campo de concentração de Auschwitz. Contudo, o comportamento dos apoiantes da Lazio voltou a ser notícia pelos piores motivos.

Ainda antes de entrarem nas bancadas, os adeptos 'laziale' entoaram o cântico fascista "Eu não me importo". Durante a leitura de excertos do "Diário de Anne Frank", que havia sido decretada pela federação italiana, ouviram-se assobios e foram também visíveis braços esticados no ar.

Em Turim, no Juventus-SPAL, alguns adeptos 'tifosi' viraram as costas ao relvado enquanto eram lidos excertos da mesma publicação e começaram a cantar o hino de Itália.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.