A Juventus continua em crise e a derrota de ontem frente ao AC Milan piorou ainda mais a situação, deixando a 'vecchia signora' fora dos lugares de acesso à Liga dos Campeões.

A imprensa desportiva italiana não poupa nas críticas à exibição da equipa de Pirlo, mas há um alvo que se destaca dos restantes: Cristiano Ronaldo.

Os três principais jornais desportivos italianos deixam críticas à exibição do português, não só do jogo de ontem com os 'rossoneri', mas também nos restantes jogos importantes que a 'Juve' disputou esta época.

O Corriere dello Sport escreve que "Até os grandes caíram frente ao Milan", destacando "o maior deles todos": Ronaldo. "Aos 36 anos, continua a ter como objetivo ser um dos melhores do mundo, mas realizou uma série de exibições negativas esta época, especialmente quando a Juventus precisava dele", lê-se.

"Simplesmente não foi visto, jogou às escondidas, afastou-se da luta, recuando a sua zona de ação até desaparecer", acrescenta a publicação.

A Gazzetta dello Sport olha para as estatísticas de CR7 durante a partida, mencionando igualmente as fracas exibições do português nos principais jogos da época.

"Na primeira parte, o português nem tocou na bola no interior da área, vagueou pelo campo sem encontrar posição: a exibição mais dececionante na noite mais importante. (...) Ele era o homem das finais, mas no 'playoff' para não perder o acesso à Liga dos Campeões fez um dos seus piores jogos, e não foi o único este ano", escrevem.

Por fim, também o Tuttosport destaca, pela negativa, a exibição de Ronaldo frente ao Milan. A publicação escreve que os 'rossoneri' conseguiram impôr duros golpes numa "equipa desligada, sem ideias e impensável a nível individual, começando por Cristiano Ronaldo. E sem qualquer ajuda de Pirlo no banco"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.