O tetracampeão italiano não foi capaz de superar a oposição do recém promovido, nem mesmo quando Mourinho lançou na segunda parte Ricardo Quaresma, que entrou mal no jogo e foi assobiado várias vezes pelos adeptos do Inter.

Melhor esteve Tiago, que foi mais uma vez titular na equipa da Juventus, tendo sido substituído aos 74 minutos por Marrone, após uma boa exibição, numa vitória assegurada por Iaquinta, com um golo de cabeça, logo aos 11 minutos.

Da primeira jornada resultaram seis líderes: Génova, AC Milan, Palermo, Sampdoria, Juventus e Lazio, que venceram frente a AS Roma, Siena, Nápoles, Catania, Chievo e Atalanta, respectivamente.

O empate em casa do Inter de Milão surge na sequência da polémica que estalou no "calcio" entre José Mourinho e o seleccionador italiano, Marcelo Lippi, em torno de uma declaração deste, na qual considerava a Juventus a principal favorita ao título.

Mourinho não gostou e criticou Lippi por ter emitido opinião sobre a questão, por entender que, sendo ele seleccionador, deveria manter uma posição de distanciamento e equidistância em relação a todos os clubes e não se pronunciar.

De salientar, ainda, que o internacional português Eliseu esteve no "banco" na recepção da Lazio ao Atalanta e não chegou a ser utilizado, tal como o lateral esquerdo Antunes, que foi suplente não utilizado pela AS Roma na deslocação a Génova.

O Palermo, de Miccoli, venceu em casa o Nápoles por 2-1, com o golo da vitória a ser marcado pelo ex-benfiquista na execução de uma grande penalidade, enquanto o Cagliari, do brasileiro Nené, melhor marcador da Liga portuguesa da época passada, não foi além de um “nulo” em Livorno.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.