A Juventus venceu hoje por 4-2 em casa do último classificado Benevento, em jogo da 31.ª jornada da Liga italiana de futebol, mas teve de se aplicar para ganhar e consolidar a liderança da tabela.

Um ‘hat-trick’ do argentino Paulo Dybala, aos 16, 45+3 e 74 minutos, o segundo e terceiro tentos concretizados na conversão de grandes penalidades, e um golo de Douglas Costa, aos 82, anularam a resistência do lanterna-vermelha, que empatou o encontro por duas vezes com tentos do maliano Cheick Diabaté (24 e 51).

Com este resultado, a Juventus chegou aos 81 pontos e consolidou a liderança da ‘Serie A’, mais sete do que o segundo classificado, o Nápoles, que só joga no domingo, em casa frente ao Chievo.

Para a visita ao último classificado, Massimiliano Allegri poupou alguns jogadores, como Buffon, Chiellini ou Higuaín, tendo em conta a visita ao Real Madrid na quarta-feira, da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, mas contou com outra das figuras do plantel, Dybala, para mais um momento de ‘magia’, um grande golo do médio ofensivo aos 16 minutos, a passe do colombiano Cuadrado.

Ainda assim, a liderança dos campeões em título não durou, uma vez que Diabaté respondeu da melhor forma a um cruzamento do brasileiro Guilherme oito minutos depois.

Em cima do intervalo, Djimsiti fez falta sobre o bósnio Pjanic na área, com Dybala a chegar aos 20 golos na ‘Serie A’ na cobrança, mas a vantagem, com que os forasteiros saíram para intervalo, voltou a não durar, com Diabaté a repor a igualdade aos 51.

A equipa da casa, que venceu apenas quatro jogos e empatou um em 31 jornadas, continuou a criar oportunidades de golo e até podia ter passado para a frente do marcador, mas foi ‘traída’ por novo penálti, desta feita por falta de Viola sobre o ‘substituto’ Higuaín, dando a Dybala a oportunidade, concretizada, de completar o ‘hat-trick’ e chegar aos 21 golos no campeonato.

Aos 82, o brasileiro Douglas Costa assinou outro grande golo na partida, ao partir da direita e fintar vários adversários antes de rematar, em arco e de fora da área, para o 4-2 final.

Ainda hoje, a Roma recebe a Fiorentina pelas 17:00 em busca de consolidar o terceiro lugar, enquanto, à mesma hora, a Sampdoria recebe o Génova em busca de se aproximar dos lugares europeus, a mesma missão da Atalanta na visita ao ‘aflito’ Spal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.