Nani não vai continuar a vestir a camisola da Lázio. O jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", adianta que o internacional português pediu ao seu agente, Federico Pastorello, para encontrar um outro clube.

O extremo está cedido pelo Valência, mas o clube romano tem uma opção para comprar o português por oito milhões de euros, cláusula que não vai ser exercida. Tudo por causa do incidente que envolveu Nani e um adepto no voo de regresso à capital italiana após o empate 1-1 frente ao Cagliari. O internacional português estava a dormir e foi incomodado por um fã, que lhe bateu no peito.

O mesmo desportivo italiano avança que o extremo não gostou do sucedido e disse a Igli Tare, diretor desportivo da Lázio, que quando esteve no Manchester United a equipa viajava num voo charter, algo que Nani considera que a Lázio também deveria fazer.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.