Paolo Maldini foi um dos italianos infetados pelo novo coronavírus em Itália.

O antigo jogador do AC Milan e agora diretor técnico do clube revelou, em entrevista à Sky Sports Itália, já estar recuperado da COVID-19, mas que o regresso aos treinos é complicado.

"É duro voltar a começar. Tentei fazer algo no ginásio e ao fim de 10 minutos estava morto. E não é por ter 51 anos. Vi imediatamente que era uma coisa diferente", disse.

No passado dia 21 de março, o AC Milan comunicou que Paolo Maldini e o filho Daniel tinham testado positivo para o novo coronavírus.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia, e o continente europeu é neste momento o mais atingido, com cerca de 910 mil infetados e de 75 mil mortos.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, registaram-se 504 mortes e 16.585 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia, e o continente europeu é neste momento o mais atingido, com cerca de 910 mil infetados e de 75 mil mortos.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, registaram-se 504 mortes e 16.585 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.