O treinador português de futebol José Mourinho afirmou hoje preferir perder um jogo por 4-0 do que perder quatro jogos por 1-0, após a sua Roma ser goleada precisamente por quatro tentos sem resposta na visita à Udinese.

Foi o primeiro desaire na Serie A da equipa de Mourinho, na quinta jornada, seguindo os ‘giallorrossi’ na quinta posição do campeonato, mas a escasso ponto dos líderes Nápoles e AC Milan, campeão em título, embora a Atalanta, com o um jogo a menos, possa vir a isolar-se ainda no topo.

“Prefiro perder um jogo por 4-0 do que quatro jogos por 1-0. Perder um jogo são só três pontos e quatro jogos são 12. É duro, mas olhemos em frente. Temos 10 pontos, estamos lá. Vamos fazer o nosso caminho”, disse.

Mourinho elogiou a exibição do médio internacional argentino Dybala, classificando-o como “o melhor em campo” e lamentou a diversas oportunidades de golo falhadas enquanto a partida não ficou decidida.

“Eles [Udinese] souberam aproveitar as [oportunidades] deles. Já estamos a pensar no jogo que temos na quinta-feira”, concluiu, referindo-se à visita aos do búlgaros Ludogorets, no Grupo C da Liga Europa, e recusando comentar a arbitragem do jogo com a Udinese.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.