No final do triunfo em Verona, sobre o Chievo (1-0, com um golo de Mário Balotelli, aos 12 minutos), resultado que permitiu ao Inter o título de "campeão de Inverno", Mourinho mostrou-se "super satisfeito" e salientou que o comportamento da equipa tem sido "incrível".

"Tenho sempre dito que o mais importante é o carácter. É isso que faz a diferença, apesar do trabalho que fazemos técnica e tacticamente", disse o técnico, em declarações à Sky Sport, citadas pelo sítio dos italianos.

José Mourinho falou também no trabalho de uma equipa "fantástica", apesar das ausências, no jogo de hoje, de Eto'o, Stankovic, Thiago Motta, Walter Samuel ou Santon.

Lamentando a lesão do romeno Christian Chivu em Verona - "uma cidade belíssima, com gente honesta e um clube bem gerido" -, o treinador português desvalorizou o resultado tangencial e disse que mais importante do que as goleadas são os pontos conquistados.

Mourinho falou igualmente numa alegada mão do regressado português Ricardo Quaresma na área, já no final dos seis minutos de desconto, e explicou ser impossível descortinar com clarividência o lance.

O técnico elogiou e homenageou ainda o francês Patrick Vieira, hoje titular, e provavelmente de partida para os ingleses de Manchester City, orientados por Roberto Mancini, ex-treinador do Inter.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.