A direção da Roma não está a pensar em despedir José Mourinho, apesar dos maus resultados do português no emblema romano. A AS Roma está a ter o pior arranque dos últimos 43 anos na Serie A, depois de ter sido batido na última ronda por 4-3 diante da Juventus, num jogo onde esteve a vencer por 3-1.

O jornal italiano 'Corriere dello Sport' escreve que a direção da Roma esteve reunida na terça-feira para analisar o momento da equipa e, no final, mostraram-se confiantes no projeto do diretor desportivo Tiago Pinto.

Escreve ainda o mesmo jornal que a direção da Roma teve em linha de conta o apoio dos jogadores para com Mourinho, nesta fase difícil da Roma.

A Roma é 7.º na Liga Italiana com 32 pontos em 21 jornadas. Na mesma ronda na época passada, a equipa tinha mais oito pontos, numa altura em que era liderada pelo português Paulo Fonseca.

José Mourinho continua a pedir reforços e um deles, Sérgio Oliveira, deverá ser oficializado ainda hoje. O português já está na capital romana, após ter deixado o FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.