José Mourinho decidiu ficar em silêncio após o empate deste domingo da Roma com a Fiorentina a um golo no Estádio Olímpico, a contar para a 15.ª jornada da Serie A, no qual a formação da capital terminou reduzida a nove jogadores.

Nicola Zalewski, por acumulação de amarelos, a meio da segunda parte, e Romelu Lukaku, já perto do fim, com vermelho direto após uma entrada mais dura.

"Hoje preferimos não falar", explicou um elemento ligado à assessoria de imprensa da Roma a um jornalista da estação televisiva DAZN, que esperava a presença de um jogador da Roma e do treinador português para a flash interview de rescaldo ao encontro.

Assim, nem José Mourinho nem qualquer outro elemento ligado à Roma prestaram declarações à comunicação social, com a imprensa italiana a justificar tal atitude como um protesto contra a arbitragem do encontro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.