O Nápoles venceu hoje em casa o Sassuolo, por 3-1, para a 20.ª jornada da Liga italiana de futebol, e beneficiou do empate do Inter Milão frente ao Atalanta, para alargar a vantagem na liderança a um adversário direto.

O Sassuolo marcou primeiro por Diego Falcinello, na transformação de uma grande penalidade aos três minutos, mas o Nápoles deu a volta ao marcador ainda antes do intervalo com golos do espanhol José Callejón, aos 19, e do argentino Gonzalo Higuaín, aos 42.

Já no período de descontos da partida, Gonzalo Higuaín marcou o terceiro golo do Nápoles, aos 90+3 minutos, segundo da sua conta pessoal, e consolidou a liderança na lista dos melhores marcadores, com um total de 20, destacando-se de Jonas, do Benfica, e Aubameyang, do Borussia Dortmund, na ‘luta’ pela Bota de Ouro.

O Nápoles segue na liderança da liga transalpina com 44 pontos, mais quatro do que o Inter Milão, que ocupa provisoriamente a segunda posição, com mais um ponto e um jogo do que a Juventus, que no domingo visita a Udinese.

O Inter permitiu ao Nápoles alargar a vantagem na liderança ao ceder um empate a 1-1 frente ao Atalanta, num jogo decidido com dois autogolos, marcados pelo colombiano Jeison Murillo, aos 18 minutos, e pelo brasileiro Rafael Toloi, aos 25.

Além de ter perdido terreno para o líder, o Inter Milão pode ainda ser ultrapassado por Juventus e Fiorentina, treinada pelo português Paulo Sousa, que se desloca ao recinto do AC Milan.

O Torino venceu o Frosinone, por 4-2, com golos do ‘reforço’ de Ciro Immobile, aos nove minutos na transformação de uma grande penalidade, Andrea Belotti, aos 37 e 41 minutos, e Marco Benasi, aos 82. Paolo Sammarco, aos 33 minutos, e o brasileiro Danilo Avelar, aos 74 na própria baliza, marcaram para o Torino.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.