«Acabarei por abandonar, como outros futebolistas. Nunca disse que queria acabar no final desta época. Tenho 35 anos e estou perto do final de carreira, mas ainda não estou no fim. Espero poder jogar ainda, mesmo que não possa disputar todos os jogos, como neste ano», disse Nesta ao Milan Channel, no dia do anúncio do seu provável sucessor, o francês Philippe Mexès.

Nesta sublinhou que algumas palavras «mal interpretadas» deixaram entender que o defesa central encerraria a carreira no final desta temporada, mas o internacional italiano negou hoje, muito embora se tenha regozijado pelo facto de jogado «bastante» neste ano.

No AC Milan desde 2002, Nesta enalteceu o treinador Massimiliano Allegri por ter confiado nele, apesar das dores que sentia após os jogos.

«Ele deixou-me gerir a situação. Ressentia-me de dores após os jogos e tentava dissipá-las nos dias seguintes. Repousava para que pudesse forçar um pouco mais nos treinos mais próximos dos jogos seguintes», disse.

Alessandro Nesta foi formado na Lazio de Roma. Está no AC Mlian há nove anos e já conquistou duas Ligas dos Campeões (2003 e 2007), um campeonato de Itália (2004).

Ao serviço da seleção italiana venceu o Campeonato do Mundo de 2006, na Alemanha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.