Em comunicado de imprensa, o Parma informa sobre a rescisão consensual do contrato que unia até 30 de Junho de 2010 o jogador, de 36 anos, ao clube, depois de ter "tomado conhecimento" dos motivos pessoais que Christian Panucci invocou para abandonar a equipa.

No comunicado, o próprio jogador desmente "categoricamente" informações surgidas nos últimos dias na imprensa italiana sobre alegados desentendimentos com o treinador do Parma, equipa que ocupa o 13.º lugar na classificação da primeira divisão italiana.

"Christian Panucci desmente categoricamente que algum desentendimento com o treinador esteja por trás da sua decisão", afirma o comunicado à imprensa.

O futebolista, que jogou no Real Madrid de 1997 a 1999, agradece ao clube, aos seus companheiros de equipa e aos adeptos o apoio que lhe deram durante o tempo que permaneceu em Parma, desde que chegou no ano passado, procedente da Roma.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.